Participe!

Participe!

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

A FAMÍLIA CRISTÃ


A família cristã é uma verdadeira Igreja doméstica: comunidade de fé, esperança e de caridade.

“A família cristã é uma comunhão de pessoas, vestígio e imagem da comunhão do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Sua atividade procriadora e educadora é o reflexo da obra criadora do Pai. A família é chamada a partilhar a oração e o sacrifício de Cristo. A oração cotidiana e a leitura da Palavra de Deus fortificam nela a caridade. A família cristã é evangelizadora e missionária.” (Catecismo da Igreja Católica nº 2205)

É de grande importância a tarefa evangelizadora e missionária da família.

“À medida que a família cristã acolhe o Evangelho e amadurece na fé, torna-se comunidade evangelizadora.”
(João Paulo II – A missão da família cristã no mundo de hoje, 52)

Em seu memorável documento “Evangelização no mundo contemporâneo”, Paulo VI fala da missão evangelizadora da família:

“No conjunto daquilo que é o apostolado evangelizador dos leigos, não se pode deixar de por em realce a ação evangelizadora da família. Nos diversos momentos da história da Igreja, ela mereceu bem a bela designação sancionada pelo II Concílio do Vaticano: ‘Igreja doméstica’. Isso quer dizer que, em cada família cristã, deveriam encontrar-se os diversos aspectos da Igreja inteira. Por outras palavras, a família, como a Igreja, tem por dever ser um espaço onde o Evangelho é transmitido e donde o Evangelho irradia.

No seio de uma família que tem consciência desta missão, todos os membros da mesma família evangelizam e são evangelizados. Os pais, não somente comunicam aos filhos o Evangelho, mas podem receber deles o mesmo Evangelho profundamente vivido. E uma família assim torna-se evangelizadora de muitas outras famílias e do meio ambiente em que ela se insere.”

“A futura evangelização depende em grande parte da Igreja doméstica. Esta missão apostólica da família tem as suas raízes no batismo e recebe da graça sacramental do matrimônio uma nova força para transmitir a fé, para santificar e transformar a sociedade atual segundo o desígnio de Deus.”

A família cristã, sobretudo hoje, tem uma especial vocação para ser testemunha da aliança pascal de Cristo, mediante a irradiação constante da alegria do amor e da certeza da esperança, da qual deve tornar-se reflexo: ‘A família cristã proclama em alta voz as virtudes presentes do Reino de Deus e a esperança na vida bem-aventurada.’

O mistério de evangelização dos pais cristãos é original e insubstituível: assume as conotações típicas da vida familiar, entrelaçada como deveria ser com o amor, com a simplicidade, com o sentido do concreto e com o testemunho do quotidiano.

A família deve formar os filhos para a vida, de modo que cada um realize plenamente o seu dever segundo a vocação recebida de Deus. De fato, a família que está aberta aos valores do transcendente, que serve os irmãos na alegria, que realiza com generosa fidelidade os seus deveres e tem consciência da sua participação quotidiana no mistério da Cruz gloriosa de Cristo, torna-se o primeiro e o melhor seminário da vocação à vida consagrada ao Reino de Deus.”

Caros Pais, “a família participa na vida e na missão da Igreja segundo uma tríplice ação evangelizadora: no seu interior, na comunidade a que pertence e na Igreja em âmbito universal” (João Paulo II)

Para realizar essa missão é preciso cultivar a harmonia no seu interior e saber abrir-se, acolhendo, para as outras pessoas e outras famílias. Assim poderá ser um caminho para conduzir até Nosso Senhor Jesus Cristo.

“Fortalecer a vida da Igreja e da sociedade a partir da família: enriquecê-la a partir da catequese familiar, a oração no lar, a Eucaristia, a participação no Sacramento da Reconciliação, o conhecimento da Palavra de Deus, para ser fermento na Igreja e na sociedade.” (Santo Domingo, 225)

Oração:
Ó Deus, que pela vossa Lei
destes à família um fundamento inabalável,
concedei-nos seguir o exemplo de Vosso Filho
para que, praticando as virtudes domésticas
e o amor para com todos
alcancemos o prêmio eterno na alegria
de vossa casa.
Por Nosso Senhor Jesus Cristo vosso Filho
na unidade do Espírito Santo. Amém. (Missal – Oração do dia)

(Aulas do Catecismo da Igreja Católica nº 936 - Texto elaborado por Madre Maria Helena Cavalcanti – Madre Geral e Fundadora da Congregação de Nossa Senhora de Belém)