Participe!

Participe!

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Assim foi o batizado de um recém-nascido refugiado durante resgate em alto mar

Depois de um resgate de refugiados e imigrantes no Mediterrâneo pela Marinha da Alemanha, uma mulher católica da Nigéria deu à luz a bordo de um navio de resgate e conseguiu que o seu filho recém-nascido fosse batizado por um sacerdote católico.
O fato ocorreu no início de julho, durante o primeiro dia de navegação de um navio alemão que fazia parte da “Operação Sofia”. Durante a missão, avistaram quatro botes precários cheios de pessoas que escapavam da costa da Líbia devido à perseguição no seu país de origem.
Segundo relatórios da Capelania Militar alemã, a mulher com a gravidez já avançada, chamada Vivian, fazia parte desse grupo de 655 pessoas resgatadas que tinham objetivo de chegar à Europa com a esperança de uma vida melhor.
Após o resgate e depois do parto, a mãe da criança pediu encarecidamente ao capelão da embarcação, Pe. Jochen Folz, que batizasse seu filho.
Pe. Folz aceitou e começou a trabalhar com a ajuda dos oficiais e tripulação do barco: primeiro, o operador de rádio acessou a internet para que o sacerdote pudesse conseguir os textos do rito do batismo.
Depois, o sacerdote pegou um recipiente da cozinha para pôr a água, colocou uma estola sobre a criança e finalmente a batizou.